Meu amor pelos livros

Hoje eu li uma matéria na Revista Bula chamada Livros: o melhor presente de mim para mim. 

Sabe quando aquele texto foi escrito pra você? Então, é esse.

O começo, de cara, chamou minha atenção. Esse ano fiquei desligada do mundo dos livros e do mundo real por conta das redes sociais/internet/seriados. Tirando os seriados, senti que de nada adiantou perder meu tempo com a internet. Deixei de prestar atenção em conversas, de olhar nos olhos, de ficar ligada ao que estava acontecendo ao meu redor, deixei de ler mais. E quando fui refletir sobre isso, tomei um balde de água fria. Acordei.

A verdade é que eu tinha tempo para a literatura, só estava afastada dela por falta de interesse ou organização. Porque a nossa vida é feita de escolhas e prioridades. Você pode escolher passar uma hora na frente da televisão ou gastar parte do seu dia olhando a vida social e as fofocas em seu celular. Mas também pode escolher usar esse tempo para ler ou fazer uma caminhada ao ar livre.

tumblr_ni8lp9bwpj1skswjlo1_500

Mais adiante, encontrei mais uma parte que diz muito sobre mim. Sobre como os livros servem de refúgio. Não costumo dizer que todo livro é uma fuga da realidade, porque nem todo livro é. Muitos livros de não-ficção ou história, por exemplo, abrem bem os olhos da gente para a realidade. Me refugio nos livros para esquecer dos problemas, para tentar preencher aquele vazio existencial que me pega de vez em quando, para me sentir mais perto de quem amo e não está mais presente fisicamente.

Depois que voltei para o mundo dos livros, salvei-me de dores e medos. Os livros me ajudaram — e continuam ajudando — a preencher vazios e encontrar respostas. A leitura dá vida à minha imaginação. Manoel de Barros disse que não precisamos do fim para chegar. Sim, não preciso saber tudo para entender! Ler floresce a minha inspiração, pois a importância das coisas está no encantamento que elas produzem em nós. É como escutar a cor dos passarinhos.

Leiam esse artigo e vejam se vocês também se identificam como eu me identifiquei =)

tumblr_static_tumblr_static_93f91mk61p0co04k4wkokwso4_640

Link: http://www.revistabula.com/6531-livros-o-melhor-presente-de-mim-para-mim/

 

Anúncios

Como organizo minhas leituras

Olá, aventureiros!

Há um tempo, algumas pessoas me pediram para fazer um post ou gravar um vídeo mostrando meu caderno de organização de leituras.

Vou deixar pra gravar um vídeo ano que vem [já que meu caderno de 2016 é lindo&maravilhoso -presente do amigo secreto literário].

Vamos lá!

Pra começar, esse ano utilizei uma agenda da escola em que trabalhei (para dar uma utilidade a ela, já que, para mim, era uma agenda grande demais para colocar na bolsa).

1.JPG

Continuar lendo

{Hábitos de leitura} Como e quando comecei a gostar de ler

Olá, aventureiros!

Hoje vou escrever um pouco sobre como e quando fui adquirindo o gosto e o prazer pela leitura.

  • Livros

Desde pequena era incentivada por minha mãe, que era professora primária inicialmente. Toda vez que o “tio que vendia livros na escola” ia até lá, ela sempre comprava algum livro pra mim. E eu adorava! Minha tia/madrinha também era professora primária e fazia a mesma coisa, só que comigo e com minha prima. Quando as duas iam para congressos de Educação, chegavam com vários livros e coleções de livrinhos pra gente. Era maravilhoso.

Guardo alguns desses livros até hoje:

DSCN1171[1]

O primeiro é de uma coleção da Turma da Mônica sobre profissões; o segundo era um dos meus favoritos: quem não curtia Pocahontas?

DSCN1172[1]

Um dos meus “gigantes” favoritos. Mesmo sem saber ler na época, escutava as histórias contadas pela minha mãe e ficava lendo as imagens.

Continuar lendo